Galp

Aston Martin homenageia 007 com duas novas séries limitadas

Publicado por Standocasião há 3 meses

É longa e profícua a ligação entre a Aston Martin e os filmes do espião mais famoso do mundo. Sendo nada menos do que quatro os seus modelos a marcar presença na 25ª película da saga James Bond, intitulada “Sem tempo para morrer”, e com estreia prevista para o próximo mês de Novembro: o emblemático DB5, o clássico V8, o desportivo DBS Superleggera e o futurista hiperdesportivo de motor central Valhalla, a produzir numa edição limitada a 500 exemplares a partir de 2021.


Para celebrar esta associação ao incontornável 007, a casa de Gaydon decidiu criar duas novas séries especiais de outros tantos modelos do seu actual catálogo, ambas desenvolvidas pela Q, a sua divisão de personalização e veículos especiais, e já disponíveis para encomenda, estando as respectivas entregas previstas para o primeiro trimestre de 2021. Assim nasceram o Vantage 007 Edition, inspirado pelo Aston Martin V8 original, utilizado no filme “Risco Imediato”, de 1987; e DBS Superleggera 007 Edition, praticamente uma réplica o utilizado no mais recente filme da série.


Com produção limitada a uma centena de unidades, o Vantage 007 Edition estará disponível, na origem por cerca de 178 000 euros, com caixa manual ou automática, e destaca-se pela grelha exclusiva com acabamento cromado; pela linha amarela que ornamenta praticamente todos os apêndices aerodinâmicos inferiores da carroçaria; pela pintura exterior em cinzento; e pela possibilidade de até poder contar com um conjunto de skis, e respetivos suportes, igualmente de edição limitada, e inspirados no filme de 1987.


No interior, referência para o revestimento em pele preta, com o emblema do 007 nas costas dos bancos (e, também, na consola central, nas versões de caixa manual), por seu turno construídas em fibra de carbono, e exibindo os orifícios de um violoncelo, mais uma vez remetendo para o filme “Risco Imediato”; para os acabamento cromados escuros; para a placa gravada a laser, colocada entre os bancos, e alusiva às várias armas e aos diversos dispositivos especiais que equipavam o referido Aston Martin V8 – o mesmo acontecendo com alvos desenhados nas patilhas de comando da caixa montadas no volante, evocativas de um sistema de orientação de mísseis.


Já do DBS Superleggera 007 Edition não serão produzidos mais do que 25 exemplares, cada qual orçado, na origem, em cerca de 308 000 euros, encontrando-se sob o capot o motor 5.2-V12 biturbo de 715 cv e 900 Nm, o mais elevado binário máximo de sempre para um Aston Martin homologado para circular na via pública. Aqui, a distinção exterior é assegurada pela exclusiva pintura exterior em cinzento; pelo tejadilho, caixas dos espelhos, splitter dianteiro, difusor e deflector traseiros em fibra de carbono pintada de preto; pelas igualmente exclusivas jantes de 21” com braços em “Y”; pelo emblema 007 com acabamento cromado aplicado nos guarda-lamas dianteiros; e pelo logótipo 007 exibido pelo defector traseiro.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos