Galp

Novo BMW 128ti já é oficial. Confirmado para Novembro com 265 cv

Publicado por Standocasião há 1 mês

A menos de um mês do seu lançamento comercial, a BMW revelou na íntegra o novo 128ti, a mais potente e radical das versões de tracção dianteira da mais recente geração do Série 1. Como oportunamente noticiado pela Absolute Motors (saiba mais aqui), o modelo tem chegada ao mercado agendada já para Novembro próximo, e se os seus preços para Portugal não são ainda conhecidos, registe-se será proposto na Alemanha a partir de €41 575.


Para fazer jus à sigla “ti” integrada na sua designação comercial, acrónimo de Turismo Internazionale, e, em tempos idos, utilizada pela BMW em propostas como os 1800 TI e 2002 TI da década de 1960, ou os 323ti Compact e 325ti Compact dos finais dos anos de 1990, o 128ti conta não só com uma invejável dotação mecânica, como com uma imagem a condizer. Tendo por base o nível de equipamento M Sport, destaca-se, no exterior, pelas exclusivas jantes de 18” bicolores; pela grelha de duplo rim e caixas dos espelhos em preto; e pelas molduras das cortinas do pára-choques dianteiro, saias laterais e logótipo “ti” (colocado junto das rodas traseiras) em vermelho. Se a pintura exterior for vermelha ou azul, estes elementos tanto podem ser em preto como na cor da carroçaria (sendo, nesse caso, suprimido o logótipo “ti”); ao passo que as ópticas dianteiras BMW Individual escurecidas fazem parte da lista de opções.


No habitáculo, o vermelho volta a dominar, já que este foi a cor eleita para os apontamentos coloridos aplicados nos bancos dianteiros desportivos e no banco traseiro exclusivo; para o logótipo “ti” bordado no apoio de braços dianteiro; e para as costuras contrastantes presentes no apoio de braços, nos forros interiores das portas, no painel de instrumentos, no volante e na cobertura do airbag do passageiro.


Porventura mais importante, o argumentário do 128ti no que à mecânica diz respeito. Sob o capot está instalado o mais poderoso quatro cilindros do grupo BMW, capaz de debitar 265 cv/4750-6500 rpm e um binário máximo de 400 Nm (disponível de forma constante entre as 1750-4500 rpm), e tendo acoplada, de série, uma caixa automática Steptronic Sport de oito velocidades. Ao ser 80 kg mais leve do que a versão de topo M135i xDrive de tracção integral, o 128ti anuncia não mais do que 6,1 segundos nos 0-100 km/h, estando a velocidade máxima electronicamente limitada a 250 km/h.


E para que o comportamento dinâmico esteja de acordo com o potencial mecânico, o 128ti não só monta, de série, um diferencial dianteiro autoblocante mecânico do tipo Torsen, e um sistema de travagem M Sport com pinças vermelhas, como adopta uma afinação específica tanto para a direcção como para a suspensão M Sport, igualmente incluída de série – rebaixada 10 mm, recorre a molas e amortecedores mais firmes, assim como às barras estabilizadoras e respectivos apoios, igualmente mais rígidos, provenientes do M135i xDrive. Podendo os adeptos de uma condução verdadeiramente desportiva optar, sem custo adicional, pelos pneus Michelin Pilot Sport 4 de alta performance, de medida 225/40 em ambos os eixos.


 


 


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos