Galp

Fiat Tipo renovado e com nova versão Tipo Cross

Publicado por Standocasião há 4 semanas

A Fiat entendeu ter chegado a altura de renovar o Tipo, e aproveitou a oportunidade para introduzir na gama uma nova versão, o Tipo Cross, desenvolvida a partir da carroçaria de dois volumes e meio e cinco portas. De carácter mais polivalente e aparência a condizer, ao estilo crossover, como ditam as actuais tendências do mercado, é proposta em dois níveis de equipamento, City Cross e Cross, e a sua inspiração proveio do Panda Cross, sendo o seu objectivo semelhante: atrair para o modelo uma clientela mais jovem, através de um automóvel funcional, bem adaptado ao meio urbano e, ao mesmo tempo, irreverente, mormente através do visual exterior.


Com uma altura total superior em quase 70 mm à do Tipo de cinco portas convencional, boa parte da qual garantida pela distância ao solo ampliada em 40 mm, por via das alterações operadas na suspensão, assim como da adopção de rodas e pneus específicos, o Tipo Cross destaca-se, ainda, pelas protecções exteriores em plástico preto, pelas protecções inferior da carroçaria com acabamento cromado, pelo difusor traseiro e pelas barras de tejadilho, até agora disponíveis somente no Tipo Station Wagon. Outro dos seus predicados é uma posição de condução mais elevada, tão do agrado dos adeptos deste tipo de proposta, capaz não só de oferecer um superior domínio da estrada, como de proporcionar um melhor acesso ao habitáculo.


Comum a todas as versões da gama do renovado Tipo é a frente redesenhada, onde impera a grelha dominada pelo novo logótipo da Fiat (estreado no novo 500), e a qual se prolonga até sob as ópticas de novo desenho integralmente por LED, tal como os farolins traseiros – tendo sido também redesenhados os pára-choques e as jantes de 16” e 17”. No interior, referência para para o painel de instrumentos digital de 7” configurável; para o sistema de infoentretenimento UConnect 5, com ecrã táctil de 10,25”; para os novos padrões dos revestimentos dos bancos; para o volante de novo desenho, de aparência mais desportiva; e para o painel de controlo central, como novos comandos do sistema de climatização e aplicações cromadas e em preto.


Outra das prioridades dos técnicos transalpinos foi a segurança, com o renovado Tipo a oferecer, de série, um leque alargado de sistemas avançados de assistência à condução. Aqui se incluindo o sistema de leitura de sinais de trânsito com assistente de velocidade máxima; a assistência à manutenção na faixa de rodagem; o assistente de máximos; a monitorização do ângulo morto. Os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, o acesso e arranque sem chave, a tomada USB traseira e o carregamento por indução para smartphones são outras das novidades a ter em conta.


Quanto à oferta de motores, foi totalmente reformulada, contando, na fase de lançamento, com uma unidade a gasolina e outra Diesel. No primeiro caso, a motorização 1.0 GSE de três cilindros, da nova família FireFly do grupo FCA, com 100 cv e 190 cv/1500 rpm, substitui o actual 1.4 de 95 cv e 127 Nm, prometendo oferecer, ainda, um funcionamento mais suave e silencioso. A opção a gasóleo é protagonizada pelo 1.3 Multijet, dispobilizado em dois níveis de potência: 95 cv e 130 cv.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos