Galp

Porsche Panamera com três novas opções. Novo híbrido plug-in de 700 cv

Publicado por Standocasião há 1 mês

A Porsche acaba de ampliar a gama do Panamera com três novas versões, duas das quais híbridas plug-in (Panamera Turbo S E-Hybrid e Panamera 4 E-Hybrid), a que se junta uma outra com motorização convencional (Panamera 4S). Todas já disponíveis para encomenda no nosso país, a chegada das primeiras unidades ao mercado nacional está prevista para o início de Dezembro, sendo que as três são propostas em todas as variantes de carroçaria do modelo: Panamera, Panamera Executive (distância entre eixos longa) e Panamera Sport Turismo.


Não menos relevante, o facto de a família Panamera contar, pela primeira vez, com três opções híbridas plug-in, já que as duas agora apresentadas juntam-se ao já conhecido Panamera 4S E-Hybrid de 560 cv. Comum a todas elas, a componente eléctrica do grupo motopropulsor, composta por um motor de 100 cv e 400 Nm, alimentado por uma bateria de iões de lítio com 17,9 kWh de capacidade (14,1 kWh no modelo anterior, ou seja, um aumento de cerca de 30%) e integrado na caixa pilotada PDK de dupla embraiagem e oito velocidades.


Recorrendo ao motor a gasolina 4.0-V8 biturbo de 571 cv (550 cv na anterior geração), e por oferecer um rendimento combinado de 700 cv e 870 Nm, o novo Panamera Turbo S E-Hybrid passa a ser a versão mais potente da respectiva gama, anunciando 3,2 segundos nos 0-100 km/h e 315 km/h de velocidade máxima (menos 0,2 segundos e mais 5 km/h do que o seu antecessor), bem como uma autonomia no modo totalmente eléctrico de 50 km, também graças ao modos de condução optimizados. Enquanto variante de topo, inclui, de série, todos os dispositivos de optimização da dinâmica disponíveis para o Panamera, mormente o Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport), que já inclui o sistema de vectorização de binário Porsche Torque Vectoring Plus (PTV Plus), o eixo traseiro direccional e a direcção assistida plus; e o sistema de travagem com disco carbocerâmicos Porsche Ceramic Composite Brake (PCCB).


Já o Panamera 4 E-Hybrid, que tem como motor térmico o 2.9-V6 biturbo de 330 cv, oferece uma potência combinada de 462 cv, que lhe permite cumprir os 0-100 km/h em 4,4 segundos e alcançar uma velocidade máxima de 280 km/h (menos -0.2 segundos e mais 2 km/h do que anteriormente), para uma autonomia de 56 km no modo de propulsão exclusivamente eléctrico. Quanto ao Panamera 4S, animado pelo 2.9-V6 biturbo de 440 cv, promete cumprir os 0-100 km/h em 4,1 segundos e alcançar os 295 km/h de velocidade máxima (menos -0,1 segundos e mais 6 km/h do que no seu predecessor), além de passar a contar, de série, com o anteriormente opcional pacote SportDesign dianteiro.


Em termos de preços, o Panamera 4 E-Hybrid está disponível em Portugal desde €121 122; o Panamera 4S pode ser adquirido a partir de €146 914; sendo o Panamera Turbo S E-Hybrid proposto desde €202 550.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos