Loading...
Galp

Novo Mitsubishi Eclipse Cross PHEV com 45 km de autonomia eléctrica

Publicado por Standocasião há 1 mês

Nova vida para o SUV de médio porte da Mitsubishi com a revelação do Eclipse Cross PHEV, a segunda proposta hibrida plug-in da casa dos três diamantes, cuja chegada ao mercado está prevista para a próxima Primavera. Uma evolução que acontece volvidos cerca de três anos sobre o lançamento do modelo original, corria o ano do centenário da marca japonesa, e que, naturalmente, incluiu, ainda, uma substantiva actualização das linhas exteriores, acompanhada de alguns retoques interiores.


Neste particular, refira-se que a secção dianteira adopta a mais recente evolução da linguagem estilística Dynamic Shield da Mitsubishi, garantida pelas ópticas de novo desenho e pelo pára-choques mais volumoso, a que se junta uma traseira que agora conta com um vidro único, por troca com o anterior duplo óculo posterior, farolins colocados em posição mais elevada, secção inferior hexagonal e um novo pára-choques. No interior, a par do reforço do equipamento de série, menção para a nova decoração em preto, e para o revestimento dos bancos, numa nova combinação de tecido e pele sintética nas versões mais acessíveis, ou numa pele com um mais claro tom de cinzento nas variantes de topo.


Não obstante estas melhorias, não há como contornar o facto de ser a mecânica o principal motivo de interesse do novo Eclipse Cross PHEV, que faz uso do grupo motopropulsor já conhecido do Outlander PHEV, composto por dois motores eléctricos (um por eixo, desde logo garantindo a tracção integral S-AWC, acrónimo de Super-All Wheel Control), pelo motor 2.4 a gasolina da família MIVEC e por uma bateria de iões de lítio com 13,8 kWh de capacidade, capaz de garantir uma autonomia eléctrica de até 45 km no ciclo WLTP. Ao dispor do condutor estão os modos de funcionamento EV (totalmente eléctrico), híbrido em série (o motor a gasolina funciona como gerador, para alimentar a bateria quando a respetiva carga se esgota) e híbrido paralelo (o motor a gasolina é responsável por fazer mover o veículo, no que é assistido pelos motores eléctricos).


Ainda no plano dinâmico, e para além das suspensões revistas, o Eclipse Cross PHEV beneficiará, também, de uma repartição do peso melhorada e de um centro de gravidade mais baixo, graças à colocação da bateria sob o piso, em posição central. Podendo o utilizador optar entre os modos de condução Normal, Neve e Tarmac, este último para um desempenho em estrada mais dinâmico.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos