Loading...
Galp

Novo Seat Leon e-Hybrid: o primeiro híbrido plug-in

Publicado por Standocasião há 2 meses

Está pronto o novo Seat leon e-Hybrid, o primeiro modelo híbrido plug-in da história da Seat. Produzido na fábrica de Martorell, onde também foi desenhado e desenvolvido, é proposto nas versões de dois volumes e meio e cinco portas, e carrinha Sportstourer, nos níveis de equipamento Xcellence e FR, integrando o lote de cinco novos modelos electrificados que o construtor espanhol prevê lançar até final de 2021.


Por pouco mais se distinguindo das versões animadas por motores térmicos que não o logótipo e-Hybrid aplicado no lado direito do portão traseiro, e a porta de carregamento situada na secção dianteira esquerda, o Leon e-Hybrid tem como principal elemento distintivo o grupo motopropulsor. No qual que se conjugam o motor 1.4 TSI de 150 cv (com injecção directa de gasolina e turbocompressor) e um motor eléctrico de 115 cv, para um rendimento combinado de 204 cv e 350 Nm, e uma velocidade máxima de 220 km/h.


Um conjunto já conhecido de outras propostas do Grupo VW, nomeadamente do novo Golf GTE, que inclui, ainda, uma caixa de velocidades pilotada DSG de dupla embraiagem, assim como uma bateria de iões de lítio com 13 kWh de capacidade, que permite ao modelo anunciar uma autonomia máxima em modo 100% eléctrico (disponível até aos 140 km/h) de 64 km no ciclo WLTP, sendo a autonomia total próxima de 800 km. A recarga total da bateria demora 3h 42m numa Wallbox a 3,6 kW, e 5h48m numa tomada de corrente de 2,3 kW.


Tendo em conta as condicionantes que a bateria de alta tensão sempre impõe aos modelos eléctricos ou híbridos plug-in, em termos de peso e volume ocupado, vale a pena reter que o Leon e-Hybrid anuncia 1614 kg e uma capacidade da mala de 270 litros (380 litros no Leon “normal”), enquanto que a Leon Sportstourer e-Hybrid anuncia 1685 kg e 470 litros (620 litros com motor térmico) – sendo o aumento de peso, em ambos os casos, da ordem dos 270 kg. Predicado da declinação híbrida do Leon será o completo equipamento de série, que inclui já, entre outros, elementos como a suspensão pilotada DCC, o painel de instrumentos totalmente digital Seat Digital Cockpit, com ecrão de 10,25”, e o sistema de infoentretenimento com ecrã táctil de 10,0”, navegação 3D conectada e comandos vocais.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos