Renovado Porsche Panamera em Outubro desde €120 930

Publicado por Standocasião há 1 mês

Como prometido, a Porsche acaba de dar a conhecer a mais recente atualização do Panamera. A par das inevitáveis evoluções estilísticas, o topo de gama da marca de Weissach recebe, ainda, melhorias em termos do equipamento oferecido de série, novos conteúdos tecnológicos, evoluções em vários dos motores que compõem a respectiva oferta, e, porventura mais importante, versões totalmente novas. Já disponível para encomenda em Portugal, tendo as primeiras entregas previstas para meados de Outubro, o renovado Panamera continuará a ser proposto tanto na versão berlina, como nas declinações Panamera Sport Turismo (no que pode ser considerado como a sua versão “carrinha”) e Panamera Executive (com distância entre eixos mais longa).


Visualmente, primeira nota para a inclusão, de série em todas as versões, da secção dianteira Sport Design. Anteriormente proposta como opção, destaca-se pelas entradas de ar mais volumosas, pelas saídas de refrigeração laterais de maiores dimensões e pelo módulo de iluminação com apenas uma “barra”. No caso da nova versão Panamera Turbo S, a frente exibe um visual específico, garantido pelas entradas de ar laterais ainda maiores, por novos elementos na cor da carroçaria, e pelos módulos de iluminação duplos mais afastados.


Na traseira, a faixa de luz que percorre toda a tampa da mala foi redesenhada, tal como os farolins, ao passo que as versões Panamera GTS passam a incluir, de série, módulos de iluminação Exclusive Design de novo desenho e escurecidos, dotados de uma função dinâmica coming/leaving home. A registar, ainda, a inclusão de três novos modelos de jantes de 20” e 21”.


Relativamente às novas versões do modelo, referência primeira para o Panamera Turbo S, que reclama para si as melhores prestações da classe, domínio em que supera, por larga margem, o anterior Panamera Turbo. Para tal é decisivo o contributo prestado pelo motor 4.0-B8 biturbo de 630 cv e 820 Nm (ou seja, mais 80 cv e mais 50 Nm do que o do anterior Panamera Turbo), que lhe permite anunciar, no modo Sport Plus, 3,1 segundos nos 0-100 km/h e 315 km/h de velocidade máxima.


Outra das novidades da gama é a versão Panamera 4S E-Hybrid, o mais recente membro da oferta de híbridos plug-in do modelo. Dotado de série com o pacote Sport Chrono, e animado por uma unidade motriz de nova concepção, em que se combinam o motor 2.9-V6 biturbo a gasolina, com 440 cv, e um motor eléctrico de 136 cv integrado na caixa automática PDK de dupla embraiagem e oito velocidades, para um rendimento combinado de 560 cv e 750 Nm, promete cumprir os 0-100 km/h em 3,7 segundos, para uma velocidade máxima de 298 km/h.


Ao mesmo tempo, o Panamera 4S E-Hybrid faz uso de uma bateria de iões de lítio cuja capacidade aumentou cerca de 30% face ao conhecido das anteriores versões híbridas do Panamera, passando de 14,1 kWh para 17,9 kWh. Atributo que, em conjunto com a optimização dos modos de condução, e uma nova geração de pneus, permite a esta variante anunciar uma autonomia de até 54 km no modo totalmente elétrico em cidade, já segundo a norma WLTP.


Quanto ao Panamera GTS, o 4.0-V8 biturbo que o anima ganhou 20 cv face ao seu antecessor, passando a disponibilizar 480 cv e 620 Nm, além de contar com uma sonoridade mais cativante, fruto do sistema de escape desportivo oferecido de série, e de prometer oferecer uma entrega de potência muito similar à de um motor V8 atmosférico. Já os Panamera e Panamera 4 passam a montar, em todos os mercados onde sejam comercializados, o motor 2.9-V6 biturbo com 330 cv e 450 Nm.


A Porsche aproveitou a renovação do Panamera também para fazer evoluir os vários sistemas de controlo do veículo e de assistência à condução, por forma a reforçar o seu carácter, simultaneamente, desportivo e confortável. São disso exemplo a melhorada suspensão com amortecimento pneumático pilotado PASM (Porsche Active Suspension Management), capaz de proporcionar melhorias significativas em termos de conforto; o sistema de barras estabilizadoras activas PDCC Sport (Porsche Dynamic Chassis Control Sport), agora capaz de garantir ainda maior estabilidade em curva; ou o controlo da direcção de nova geração – tudo componentes que, para além do mais, foram ajustados e optimizados de forma específica para cada versão.


Em Portugal, os preços do revisto topo de gama da Porsche começam nos €120 930 para a versão Panamera de tracção traseira. O Panamera 4 está disponível a partir de €125 973, o Panamera 4S E-Hybrid desde €138 589, o Panamera GTS desde €189 531 e o Panamera Turbo S desde €238 569.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos