Ford Mustang Mach-E alcança recorde mundial de eficiência

Publicado por Standocasião há 3 semanas

O Mustang Mach-E, o mais recente veículo totalmente elétrico da Ford, passou a constar do livro dos recordes, o ‘Guinness World Record’, após ter alcançado 800 km de autonomia.

A eficiência energética do novo Mustang Mach-E foi revelada numa viagem entre John O'Groats e Land's End, na Grã-Bretanha, onde o elétrico da marca norte-americana percorreu mais de 10 quilómetros por cada kilowatt-hora (kWh) de energia consumida.

Com 88 kWh de capacidade de bateria disponível, a eficiência alcançada traduz-se em mais de 800 quilómetros de autonomia, aumentando em 190 quilómetros a autonomia oficial de 610 quilómetros do Mustang Mach-E, e triplicando a meta estabelecida pelo ‘Guinness World Record’ para este novo recorde de veículos elétricos.

O desempenho recorde, nesta que é a viagem mais longa na Grã-Bretanha, exigiu paragens para carregamento inferiores a 45 minutos.

Partindo de John O'Groats com uma carga completa, os 1.352 quilómetros até Land's End –equivalente a subir o Monte Everest quase na sua totalidade – exigiram apenas duas paragens para efetuar carregamentos em Wigan, no Noroeste de Inglaterra, e em Cullompton, Devon.

A equipa do Mustang Mach-E da Ford assumiu o compromisso de estabelecer uma nova referência de consumo para veículos elétricos, para ajudar a eliminar os medos e ansiedade associados à questão da autonomia. Conseguir enfrentar com facilidade a maior distância direta possível no Reino Unido, com paragens de carga curtas, prova a viabilidade do Mustang Mach-E para todas as viagens diárias.

Com o Código da Estrada a recomendar uma pausa na condução de pelo menos quinze minutos de duas em duas horas, o registo recorde mostra que condutores conscientes, que adotem uma condução segura, fazem pausas mais longas nas viagens para descansar, superiores ao tempo necessário para carregar os seus veículos.   

"Este recorde tem a ver com a demonstração de que os carros elétricos são agora viáveis para todos. Não apenas para viagens urbanas curtas para o trabalho ou para ir às compras, ou como um segundo carro. Mas para utilização no mundo real, em viagens longas entre países. Provámos que, com este carro, o ponto de viragem foi alcançado", revelaram Paul Clifton, Fergal McGrath e Kevin Booker, que fizeram equipa neste desafio com vista a colocar um ponto final nos receios associados à autonomia dos veículos 100% elétricos.

Novidades

Ver Todas