Loading...
Galp

Novo DS 4: berlina de prestígio híbrida plug-in com 225 cv confirmada

Publicado por Standocasião há 1 mês

Está confirmado o lançamento de uma nova geração do DS 4, a berlina com que a marca mais exclusiva do grupo PSA vai tentar ocupar um lugar de destaque no segmento dos familiares compactos de prestígio. Ainda sem adiantar quando será o modelo oficialmente apresentado, o fabricante francês não deixa, todavia, de adiantar diversas características essenciais dessa proposta que promete conjugar estilo, luxo, tecnologia de ponta e prazer de condução de uma forma única.


Para tal, o conglomerado gaulês começou por desenvolver uma nova versão da plataforma modular EMP2 que o novo DS 4 terá honras de estrear. Além de preparada para albergar motores térmicos, híbridos plug-in e totalmente eléctricos, recorre a novos componentes construídos em materiais compósitos, e a elementos prensados a quente e mais compactos (por exemplo, a unidade do de ar condicionado), por forma potenciar o espaço interior, a reduzir o peso (sem comprometer a rigidez estrutural, logo a segurança) e a conferir maior liberdade aos designers quando da definição das linhas exteriores dos modelos a partir da mesma desenvolvidos.


Neste particular, e mesmo que as imagens agora libertadas não o permitam ainda confirmar, fica a promessa de que o novo DS 4 exibirá um design assente em proporções “sem precedentes”, com uma extrema eficácia aerodinâmica e marcado por uma relação carroçaria/roda inédita tanto na como no universo dos modelos ditos premium. O resultao será uma silhueta bastante atlética, em que o novo capot assegura uma redução da altura do conjunto formado entre este e os guarda-lamas, assim como da segunda fila de bancos.


A aposta na tecnologia foi outros dos pilares fundamentais para o desenvolvimento do novo DS 4, que terá por missão introduzir um conjunto de novas soluções na oferta da PSA. Caso do DS Extended Display, solução inédita no segmento, e anunciada como um primeiro passo rumo à realidade aumentada, que projecta directamente na estrada, quatro metros à frente do condutor (graças a um efeito de ilusão óptica, que acompanha o olhar do condutor numa diagonal de 21”) informações várias relacionadas com a condução (e não só), como a velocidade de circulação, as relativas à actuação dos sistemas avançados de auxílio à condução, mensagens de alerta e, até, a faixa ou o posto de rádio que estiver a ser reproduzido pelo sistema de som.


Ao mesmo tempo, o sistema de infoentretenimento DS Iris System, totalmente novo, com assistente pessoal, oferece perfis de utilizador totalmente personalizáveis, podendo ser controlado por gestos, por voz ou directamente através do ecrã táctil DS Smart Touch colocado na consola central. Ainda neste capítulo, menção para o sistema de condução semi-autónoma DS Drive Assist 2.0 (capaz de centrar o veículo na faixa de rodagem, de efectuar ultrapassagens de forma semi-automática ou de ajustar automaticamente a velocidade de circulação ao permitido no local, entre outras funcionalidades); para o sistema de visão nocturna DS Night Vision (uma câmara de infravermelhos colocada na grelha permite identificar peões e animais até 200 metros de distância); e para as ópticas por LED adaptativas DS Matrix Led Vision de nova geração, que ajustam automaticamente o feixe de luz em função de factores como as condições do trânsito, o ângulo do volante ou as condições climatéricas.


Quanto aos motores, está confirmada a disponibilização de uma unidade híbrida plug-in que combina um motor a gasolina de 180 cv com um motor eléctrico de 110 cv, este último integrado na caixa automática de oito velocidades, para uma potência combinada de 225 cv. Coadjuvado por uma bateria mais compacta e eficiente, será capaz de garantir uma autonomia superior a 50 km no modo de funcionamento totalmente eléctrico, já segundo a norma WLTP.


Referência final para o desempenho dinâmico, que se espera seja referencial, em termos de conforto como de eficácia. Neste particular, a par da elevada rigidez torsional, o destaque vai para os componentes da direcção totalmente redesenhados e para a suspensão DS Active Scan Suspension, que, através de uma câmara instalada no pára-brisas, efectua a “leitura” da estrada e prepara a reacção do veículo face a quaisquer irregularidades através do ajuste preditivo do amortecimento pilotado.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos