Galp

MBUX Hyperscreen: ecrã de 141 cm em estreia no novo Mercedes EQS

Publicado por Standocasião há 1 semana

Caberá ao novo Mercedes EQS a estreia do MBUX Hyperscreen, a mais recente evolução do já célebre sistema de infoentretenimento da marca da estrela, introduzido, em 2018, pela actual geração do Classe A, e há poucos meses lançado numa nova geração pelo novo Classe S. Inicialmente proposta, como opção, na versão totalmente eléctrica do topo de gama da casa de Estugarda, esta solução destaca-se por ocupar uma área que vai praticamente de um ao outro pilar dianteiro, inclusivamente integrando as saídas ventilação frontais, sendo composta por vários monitores de alta resolução (o central e o que se encontra defronte do passageiro dianteiro do tipo OLED), que simulam a criação de um ecrã curvilíneo único com 141 cm de largura, dotado de uma moldura plástica contínua, e em que a iluminação ambiente integrada, instalada na sua secção inferior, faz com que pareça flutuar no painel de instrumentos.


Entre as principais credenciais do MBUX Hyperscreen, ainda no domínio do hardware, merecem igualmente referência o vidro protector moldado tridimensionalmente a uma temperatura de cerca de 650° C, processo que permitirá uma visualização sem distorção a toda a sua largura, independentemente do ângulo de observação; ou os doze actuadores hápticos colocados sob o mesmo, com resposta táctil durante as operações de comando. Do seu lote de atributos fazem, também, parte as oito unidades de processamento central, assim como a memória RAM de 24 Gbm com uma largura de banda de 46.4 Gb/s.


Em termos funcionais, por dispor de inteligência artificial, e software com capacidade de aprendizagem, o conceito de imagem e de controlo do MBUX Hyperscreen adapta-se ao utilizador e fornece sugestões personalizadas relativamente a várias funções de infoentretenimento, conforto e condução. Por outro lado, graças à denominada “camada zero”, o utilizador não necessita de percorrer todos os submenus, nem de fornecer comandos de voz, para aceder às aplicações mais importantes, sendo estas sempre fornecidas no nível superior, e numa vista descritiva, em função da situação e do contexto, evitando, assim, inúmeras e sucessivas etapas de operação.


Além de o sistema oferecer sete perfis de utilizador, que permitem personalizar o conteúdo exibido, o passageiro dianteiro também conta com a sua própria área de ecrã e de controlo, porém, se o respectivo banco não estiver ocupado, este ecrã torna-se numa mera peça digital decorativa, onde são apresentadas estrelas animadas. O MBUX Hyperscreen distingue-se, de igual modo, por oferecer mais de 20 funções adicionais (incluindo um programa de massagem ativa, função de lembrete do dia de aniversário ou sugestão de lista de actividades), as quais são automaticamente apresentados na “camada zero” quando relevantes para o utilizador – aquilo que os técnicos denominaram como “Módulos Mágicos”.


De entre estas funcionalidades, a Mercedes decidiu destacar quatro. Por exemplo, se o utilizador telefonar sempre a uma determinada pessoa durante o seu trajeto, num mesmo período, num mesmo dia, ser-lhe-á sugerido que faça uma chamada telefónica nesse dia, nesse período, através da apresentação de um cartão de visita com a respectiva informação de contacto. Por outro lado, se o condutor utilizar regularmente a função de massagem de acordo com o princípio de pedra quente durante o Inverno, o sistema sugere automaticamente tal função caso a temperatura do ar seja invernal.


No mesmo sentido, se o utilizador ligar regularmente o aquecimento do volante e de outras superfícies após ter ligado o aquecimento do banco, a operação ser-lhe-á sugerida logo após o botão de aquecimento do banco ter sido pressionado. Por fim, como a altura ao solo do EQS pode ser aumentada, nomeadamente para permitir a entrada em garagens com elevada inclinação, o sistema relembra a posição geográfica na qual essa função foi utilizada, e sugere automaticamente a elevação da suspensão quando o veículo se aproximar novamente da posição geográfica em questão.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos