Novo Mazda MX-30 em 2020: primeiro eléctrico é um SUV coupé

Publicado por Standocasião há 10 meses

Acaba de ser revelado pela Mazda, no Salão de Tóquio, o novíssimo MX-30, um SUV que é, também, primeiro modelo de propulsão exclusivamente eléctrica de grande volume da marca de Hiroshima. Com chegada ao mercado europeu anunciada para a segunda metade do próximo ano, está já disponível para pré-encomenda.

A marca japonesa afirma que este é um automóvel que, apesar de eléctrico, não abdica de oferecer um elevado prazer de condução, ao nível do oferecido pelos seus modelos animados por motores de combustão – ou, como refere a Mazda num dos seus slogans para o modelo, “um automóvel com bateria, e não uma bateria sobre rodas”. Mas a afirmação serve, ainda, para justificar uma autonomia na ordem de apenas 200 km, a garantida pela bateria de iões de lítio com 35,5 kWh de capacidade integrada na própria estrutura do veículo, destinada a alimentra o motor eléctrico e-Skyactiv síncrono de corrente alternada, sobre o qual não foram, ainda, adiantadas quaisquer outras informações, nomeadamente no que ao seu rendimento diz respeito.

Com 4395 mm de comprimento, 1795 mm de largura e 1570 mm de altura, o novo MX-30 impõe-se, desde logo, pela sua aparência exterior, ao estilo coupé e criada respeitando os postulados da actual linha de estilo da Mazda, o conhecido Kodo Design, com as portas traseiras, que abrem no sentido oposto ao das da frente, para facilitar o acesso aos lugares traseiros, a serem o seu elemento estético mais determinante. Referência, também, para o tejadilho de cor distinta do resto da carroçaria, e para as jantes de 18” revestidas por pneus de medida 215/55.

No interior, os principais destaques vão para a elaborada consola central “flutuante”, e para os materiais ditos ecológicos, como a cortiça ou o revestimento “vegan” que substitui o tradicional couro. Em termos de condução, o MX-30, que recorre a uma suspensão com arquitectura MacPherson na frente, e por eixo semi-rígido atrás, dispõe, igualmente, de uma evolução adaptada à propulsão eléctrica do controlo electrónico de estabilidade da Mazda, por isso designa G-Vectoring Control Plus Electric; e de um emulador sonoro sincronizado com o binário do motor, em termos de frequência e pressão sonoras, destinado a permitir ao condutor ter uma melhor percepção da velocidade a que circula, e da carga aplicada sobre o acelerador.

Artigo fonte - Absolute Motors - www.absolute-motors.com
, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos