Loading...
Galp

Aston Martin Vantage Legacy Collection: campeões em edição única

Publicado por Standocasião há 1 mês

Vantage GTE, Vantage GT3 e Vantage GT4: a Aston Martin não fez por menos, e decidiu lançar, em edição única de coleccionador, um trio de modelos composto pelas três versões de competição do Vantage da anterior geração, lançado na sua versão “civil” em 2005, para celebrar um dos seus períodos mais áureos no desporto motorizado. Tão só um dos mais bem-sucedidos carros de corrida da casa de Gaydon, com estas três derivações do Vantage, a Aston Martin garantiu, entre 2009 e 2018, duas vitórias à classe nas 24 Horas de Le Mans (2014 e 2017), sete Campeonatos do Mundo de Resistência e inúmeros títulos no Campeonato Britânico de GT, no GT World Challenge e nas European Le Mans Series.


Os três exemplares serão vendidos em conjunto, contam com a mesma cor verde com pormenores em amarelo, típica do fabricante britânico, e assentam sobre châsiss a estrear, construídos propositadamente para o efeito e prontos a correr. O Vantage GT4 foi o primeiro automóvel de competição da Aston Martin criado sobre a plataforma VH, do mesmo foram construídas 107 unidades, com o exemplar presente na coleção a ostentar p número de chassis 108. Com motor 4.7-V8, conta, entre outros, com linha de escape directa, com silenciador traseiro de peso reduzido; caixa Sportshift de seis velocidades; embraiagem de duplo parto metálico-cerâmico; depósito de combustível central de 115 litros com duplo bocal de enchimento, aprovado pela FIA; estrutura de segurança em aço de alta resistência com aprovação FIA; macacos pneumáticos integrados; janelas e óculo traseiro em policarbonato; saias laterais em carbono; capot e tampa da mala de abertura rápida; suspensão com apoios esféricos, regulável em inclinação, camber e caster e com amortecedores Koni reguláveis em duas vias; baquet Recaro de competição (compatível com sistema HANS em opção; cintos Sabelt de seis pontos; volante de libertação rápida; sistema de extintores com aprovação FIA; asa traseira em carbono regulável; travões com discos dianteiros bimassa, pinças monobloco de quatro pistões e pastilhas de competição Pagid RS 29; ABS e controlo de tracção Bosch desenvolvidos para a competição; e jantes em magnésio de 18”.


Do Vantage GT3 foram construídos, entre 2012 e 2017, 46 exemplares. Com châssis em alumínio, em que o motor 6.0-V12, com lubrificação por cárter seco, capaz de disponibilizar até 600 cv e 700 Nm, foi reposicionado face à versão de produção, para melhor a repartição do peso e o centro de gravidade, pesa 1250 kg e dispõe de caixa Xtrac de seis velocidades com comandos no volante; embraiagem de competição;  diferencial traseiro autoblocante; veio de transmissão em fibra de carbono; macacos pneumáticos integrados; estrutura de segurança em aço cumpridora das normas FIA; baquet de competição com cintos de seis pontos; tablier em fibra de carbono; sistemas de extinção de incêndios; splitter dianteiro específico; tejadilho em alumínio; painéis da carroçaria em fibra de carbono removíveis; pára-choques, saias laterais e guarda-lamas traseiros aerodinamicamente optimizados; depósito de combustível de 125 litros; amortecedores Bilstein reguláveis em quatro vias; suspensão por triângulos sobrepostos com geometria optimizada; pinças de travão de seis pistões na frente e quatro pistões atrás; repartição manual da força de travagem; e jantes de 18”.


Por fim, o Vantage GTE fez a sua estreia em 2012 e do mesmo apenas foram construídos seis unidades, sendo o exemplar que integra a colecção o número 007. Com 1240 kg de peso, 4550 mm de comprimento, 1963 mm de largura e 1185 mm de altura, para uma distância entre eixos de 2600 mm, é animado por um V8 com lubrificação por cárter seco, igualmente reposicionado para melhorar a repartição do peso e o centro de gravidade, que oferece mais de 500 cv e de 500 Nm. Conta com: chassis em alumínio; macacos pneumáticos integrados; estrutura de segurança em aço cumpridora das normas FIA; caixa pilotada de seis velocidades com comandos no volante; embraiagem de competição ZF Sachs; diferencial traseiro autoblocante; veio de transmissão em fibra de carbono; aerodinâmica aperfeiçoada segundo as normas LMGTE de 2016; carroçaria em fibra de carbono; tejadilho em alumínio; asa traseira em fibra de carbono regulável; sistema de travagem com pinças Brembo de seis pistões na frente e quatro pistões atrás, e pastilhas de competição PAGID RS; linhas de travão hidráulicas Goodridge; e jantes em magnésio TWS de 18”, revestidas por pneus Dunlop de medida 305-680 na frente, e 312-705 atrás.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos