Galp

Novo Jaguar E-Pace na Primavera. Desde €42 510 e com versão PHEV

Publicado por Standocasião há 4 semanas

Acaba de ser apresentado pela Jaguar o renovado E-Pace, modelo que tem chegada ao mercado agendada para a próxima Primavera. Além das várias melhorias operadas em termos de estilo e tecnologia, destaque especial para a gama de motores revista, que passa a contar com uma nova opção híbrida plug-in, bem como com tecnologia mild hybrid em todas as restantes motorizações, excepto na versão de acesso à gama.


Esteticamente, as alterações operadas não foram por demais profundas, permitindo ao SUV compacto britânico manter a sua identidade, mas sendo suficiente notórias para refrescar a sua aparência exterior. Aqui se incluindo as novas ópticas dianteiras por LED, com luzes diurnas em duplo “J”, propostas de série em todas as versões (com assistente de máximos nos níveis de equipamento SE e HSE, e “piscas” dinâmicos nos niveus S, SE e HSE); o novo pára-choques dianteiro, com tomadas de ar inferiores redesenhadas; os farolins traseiros inspirados nos do I-Pace; a grelha de novo desenho, com padrão diamantado e acabamento cromado; e o logótipo da Jaguar aplicado nas grelhas laterais.


No interior, a grande novidade é a introdução do sistema de infoentretenimento Pivi Pro, com ecrã de 11,4” com vidro curvo, conectividade permanente e actualizações remotas. Menção, ainda, para o carregador por indução para smartphones, para o novo manípulo de comando da caixa de velocidades, mais largo e mais baixo, para o novo volante, similar ao do I-Pace, e para o logótipo da Jaguar presente nos encostos de cabeça.


Contudo, e como referido, é mesmo na oferta de motores que reside o principal motivo de interesse do actualizado I-Pace. Destaque principal para a versão E-Pace P300e PHEV, animada por um grupo motopropulsor híbrido plug-in, em que se combinam o novo motor de três cilindros a gasolina da família Ingenium, com 1,5 litros e 200 cv, com um motor eléctrico traseiro de 109 cv, para um rendimento combinado de 309 cv e 540 Nm.


A transmissão está a cargo de uma caixa automática de oito velocidades e de um sistema de tracção integral, estando a bateria de iões de lítio, com 15 kWh de capacidade, montada sob o piso da mala – podendo recuperar 80% da respectiva capacidade em 30 minutos num posto de carregamento de corrente contínua a 32kW ou superior; e 1h45m numa Wallbox ou posto de carregamento a 7 kW; e em 5h00 numa tomada de corrente doméstica a 2,3 kW. Anunciando 6,5 segundos nos 0-100 km/h, e uma autonomia máxima de 55 km no modo totalmente eléctrico (disponível até aos 135 km/h), o E-Pace P300e PHEV oferece, ainda, três modos de utilização: EV (totalmente erléctrico), Hybrid (o seleccionado por omissão) e Save (permite recuperar 85% da carga da bateria em 90 minutos, desde que o veículo circule a mais de 113 km/h.


Quanto às restantes opções de motorização, somente as versões de acesso a gasolina e Diesel contam com tracção dianteira, e apenas a unidade 2.0 turbodiesel de 163 cv e 380 Nm não dispõe de tecnologia mild hybrid quando aplicada no E-Pace D165, única versão da gama com caixa manual de seis velocidades, pois usufrui já desta solução quando instalada no E-Pace D165 AWD, dotado de caixa automática de nove relações e tracção integral. Também a gasóleo, o E-Pace D200 AWD, com motor 2.0 de 204 cv e 430 Nm, igualmente com caixa automática de nove velocidades e tracção total.


A oferta a gasolina inicia-se com o E-Pace P160 de tracção dianteira, sob cujo capot está montado o novo três cilindros de 160 cv e 260 Nm (33 kg mais leve do que o quatro cilindros de que detriva), em combinação com a caixa automática de oito velocidades. Depois, existem três versões animadas por outras tantas derivações do motor 2.0 turbo a gasolina, todas com caixa automática de nove velocidades e tracção integral: E-Pace P200 AWD (200 cv e 320 Nm), E-Pace P250 AWD (249 cv e 365 Nm) e E-Pace P300 AWD (300 cv e 400 Nm). Com a mais potente a oferecer, de série, a tracção integral com repartição activa do binário entre as rodas traseiras (até 100% para cada roda), e a suspensão com amortecimento pilotado, solução opcional para os restantes E-Pace.


Relativamente aos preços a praticar em Portugal pela nova geração do SUV compacto da marca do felino, iniciam-se nos €42 510 para a versão P165; nos €51 846 para a versão P200 AWD; nos €56 189 para a versão P250 AWD; nos €74 134 para a versão P300 AWD; nos €59 451 para a versão P300e PHEV; nos €50 408 para a versão D165; nos €54 076 para a versão D165 AWD; e nos €57 994 para a versão D200 AWD.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos