Seat Ibiza e Arona renovados. À venda no Outono

Publicado por Standocasião há 3 semanas

Acabam de ser revelados pela Seat os renovados Ibiza e Arona, dois dos seus mais populares modelos, estando o início da respectiva comercialização agendada para o Outono. Como “primos direitos” que são, partilhando a plataforma e a generalidade dos componentes mecânicos, ambos registam, no essencial, as mesmas evoluções neste actualização de meio de ciclo em domínios como os assistentes de condução, a conectividade ou o interior.


Aliás, tanto no Ibiza como no Arona, o habitáculo é das áreas que mais e maiores alterações apresenta. A par de adopção de materiais de maior qualidade, nomeadamente o que reveste o tablier, e de uma decoração revista (com destaque para as saídas de ventilação redesenhadas e iluminadas, a que o Arona junta as luzes de cortesia traseiras), passam a estar disponíveis soluções como o volante multifunções de novo desenho; o painel de instrumentos totalmente digital de 10,25”; ou os sistemas de infoentretenimento mais evoluídos, com ecrãs de maiores dimensões (8,25” ou 9,2”), de efeito flutuante e colocados em posição mais elevada, ligação Seat Connect com e-SIM integrado, sistema Full-link, para ligações sem fios Apple CarPlay e Android Auto, sistema de reconhecimento de voz “Hola Hola” e duas portas USB-C.


Estes são, ainda, anunciados como os Ibiza e Arona mais seguros de sempre, por contarem com o mais vasto leque de sistemas avançados de assistência à condução do seu historial. Casos do Assistente de Viagem (disponível até aos 210 km/h, combina o cruise control adaptativo com o assistente à manutenção na faixa de rodagem, para proporcionar uma condução semi-autónoma de nível 2); da monitorização alargada do ângulo morto; dos sistemas de leitura de sinais de trânsito; do assistente de máximos; ou do assistente de estacionamento.


Passando aquilo que carateriza, em concreto, cada um dos modelos, o Ibiza da quinta geração distingue-se, no exterior, por passar a dispor de ópticas dianteiras por LED de série em todas as versões, do emblema com o nome do modelo manuscrito na traseira, do logótipo da Seat com revestimento cromado de dois tons à frente e atrás, e de jantes de liga leve de novo desenho. A gama de motores inclui as unidades a gasolina 1.0 MPI de 82 cv e 90 Nm (caixa manual de cinco velocidades); 1.0 TSI de 95 cv e 175 Nm (caixa manual de cinco velocidades); 1.0 TSI de 110 cv e 200 Nm (caixa manual de seis velocidades de série, caixa pilotada DSG, de dupla embraiagem e sete relações, em opção); e 1.5 EcoTSI de 150  cv e 250 Nm – sendo a oferta complementada pelo 1.0 TGI de 90 cv e 160 Nm, com caixa manual de seis velocidades, apto a consumir gás natural comprimido.


Já o Arona, originalmente lançado em 2017, conta, igualmente, com faróis dianteiros por LED de série em todas as versões, a que se juntam os pára-choques redesenhados, os novos deflector e difusor traseiros, as jantes de novo desenho, o emblema com o nome do modelo manuscrito na traseira, o novo logótipo da Seat com acabamento dois tons à frente e atrás, e a grelha frontal estampada a quente, a qual apresenta ligeiras diferenças para cada nível de equipamento. Neste particular, saliente-se que, ao conhecidos níveis Reference, Style e FR, junta-se, agora, em substituição do anterior Xcellence, o nível Xperience, que garante ao Arona uma aparência mais aventureira, além de incluir novos faróis de nevoeiro.


Neste caso, a oferta de motores inclui quatro unidades a gasolina: 1.0 TSI de 95 cv e 175 NM (caixa manual de cinco velocidades); 1.0 TSI de 110cv e 200 Nm (caixa manual de seis velocidades de série, DSG de sete velocidades em opção); e 1.5 EcoTSI de 150 cv e 250 Nm. Também aqui, existe uma opção a gás natural comprimido, a cargo do propulsor 1.0 TGI de 90 cv e 160 N, combinado com uma caixa manual de seis relações.



Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Novidades

Ver Todas