Loading...
Galp

Novo Jeep Wrangler Rubicon 392: agora com V8 de 470 cv

Publicado por Standocasião há 2 meses

A Jeep garante que o novo Wrangler Rubicon 392 é “só” a versão mais rápida e competente de sempre do seu emblemático todo-o-terreno. Para já destinado apenas ao mercado norte-americano, tem como principal factor distintivo a sua unidade motriz, que marca o regresso dos motores V8 à gama Wrangler após quase quatro décadas de ausência, pese embora também tenha sido melhorado em domínios como a transmissão e a suspensão, para que possa constituir-se como uma referência no fora de estrada, e conte, ainda, com diversos elementos específicos, em termos de equipamento como de estilo, como seria de esperar numa variante de topo.


Como indicado pela sua designação comercial, em que o algarismo 392 expressa a capacidade do motor em polegadas cubicas, o Wrangler Rubicon 392 monta um V8 de 6,4 litros com bloco em ferro e cabeça em alumínio, dotado de colector de admissão avtivo, distribuição variável, duas velas por cilindro, válvulas de escape preenchidas com sódio, válvulas de admissão ocas e pistões refrigerados por jactos de óleo. Equipado, ainda, com um sistema de desactivação de cilindros, que lhe permite funcionado no modo de quatro cilindros sempre que as condições do momento o permitam, por forma a reduzir consumos e esmissões, e com um sistema de escape exclusivo com quatro ponteiras e sonoridade Dual Mode, oferece 470 cv de potência e um binário máximo de 637 Nm, permitindo ao modelo anunciar menos de 5,0 segundos nos 0-100 km/h (40% mais rápido do que o Wrangler Rubicon V6) e 13,0 segundos nos 0-400 m.


A transmissão é composta por uma caixa automática de oito velocidades TorqueFlite, com patilhas de comando em alumínio colocadas no volante desportivo em pele, e por um sistema de tracção integral permanente com caixa de transferência Selec-Trac e diferenciais de bloqueio eletrónico Tru-Lok. Por seu turno, a suspensão, de geometria exclusiva, foi elevada 50 mm e recorre a eixos Dana 44 Wide Track, assim como a amortecedores Fox de alta performance, além de permitir desligar electricamente a barra estabilizadora dianteira.


Junte-se a isto o reforço das travessas que compõem o châssis, o sistema de travagem igualmente reforçado e as jantes de 17”, e não será difícil de acreditar no enorme potencial do Wrangler Rubicon 392 para evoluir sobre qualquer tipo de terreno, confirmado pelas suas aptidões “TT” melhoradas: ângulo de ataque de 44,5°, ângulo ventral de 22,6° e ângulo de saída de 37,5°, altura ao solo de 260 mm e passagem a vau de 825 mm. Para este último atributo muito contribuindo o sistema Hydro-Guide, com uma entrada de ar de três níveis com diversos drenos, incluindo um de sentido único na caixa-de-ar, capaz de desviar até 56 litros de água por minuto, afastando-a da admissão do motor. De série, o modelo conta, igualmente, com o novo modo de condução “Off-road Plus” com as opções Sand e Rock, o qual até permite que o condutor bloqueie o eixo traseiro a alta velocidade quando a circular no modo 4 High da transmissão (existem ainda os modos 4Auto” e “4 Low – as conhecidas “redutoras”).


Ao mesmo tempo, para refrigeração do V8, existe não só uma entrada de ar específica no capot, como uma outra, secundária, que lhe permite oferecer o máximo desempenho mesmo que a principal esteja completamente obstruída com lama, neve ou sujidade. A estes elementos distintivos juntam-se no exterior, e numa vertente mais decorativa, as exclusivas aplicações exteriores em cor de bronze que orlam o logótipo Rubicon aplicado no capot, os ganchos de reboque dianteiro e traseiro, o contorno do autocolante Fox Shocks, os emblemas Jeep e Trail Rated e a inscriação 392 de cada lado do capot.


Por fim, no interior, referência para os revestimentos em pele com costuras contrastantes de cor bronze, para os bancos dianteiros desportivos com apoio reforçado e inscrição Rubicon 392, e para o painel de instrumentos de novo desenho. O sistema de infoentretenimento Uconnect conta, de série, com ecrã táctil de 8,4” e integra, no respectivo software, as chamadas Jeep Off-road Pages, para que o condutor possa monitorizar a inclinação, a oscilação, as coordenadas GPS e a distribuição do binário pelos dois eixos, entre outras funcionalidades.


Autor: António de Sousa Pereira, Absolute Motors.

Anuncios Recentes

Ver Todos