Galp

Honda CBR600RR de 2021 – Que futuro terá a nova Superdesportiva de média cilindrada da marca nipónica

Publicado por Standocasião há 2 meses

Os rumores que circulavam nos media da especialidade sobre um nova CBR600RR, e após a conhecida revista japonesa YOUNG ter publicado uns 3D sobre o hipotético novo modelo, foram confirmados no passado mês de agosto com a apresentação oficial da nova Superdesportiva de média cilindrada da Honda.

Descontinuada em 2017 por  motivos de restrições em termos de emissões impostas pelo Euro 4, a nova CBR600RR  reaparece em 2021 exclusivamente para os mercados japoneses e asiáticos, o que permite concluir que os técnicos da Honda não fizeram evoluir o motor 600 suficientemente para os novos requisitos do actual Euro 5. 

Posto isto, parece claro que a Honda, depois do lançamento da sua nova CBR1000RR-R, a esta sim foi-lhe atribuído um novo R pela a evolução que sofreu em termos de conceito, mais desportivo do que o modelo anterior, e dos objectivos e protagonismo que se pretendem alcançar nas provas desportivas mundiais,  que a sua irmã 600RR tenha também por objectivo principal vir a recuperar o sucesso anteriormente alcançado na classe Supersport 600 e competir no Campeonato do Mundo com as actuais Yamaha R6 e Kawasaki ZX-6R.

A nova CBR600RR não é uma moto inteiramente nova e parece herdar em termos de ciclística muito da sua versão anterior. Quadro, braço oscilante, escape em posição alta, jantes e até toda a estética da traseira da nova Supersport parecem-nos muito “coladas” ao anterior modelo de 2017. Na frente da moto notamos de facto uma evolução, com as suas linhas muito inspiradas na estética da nova CBR1000RR-R , mais agressiva e acutilante, com óticas LED mais rasgadas e onde podemos observar a colocação de duas pequenas asas laterais, componente estética e aerodinâmica que está na moda e que é proveniente da evolução que temos assistido no MotoGP.

O motor de 599cc da nova CBR600RR sofreu poucas alterações, e a introdução de novas árvores de cames, bielas e válvulas permite agora chegar às 14.000 rpm , passando a potência máxima dos anteriores 113hp para os 119hp,  superando assim os 117 hp da Yamaha R6 mas ainda longe dos 127hp da Kawasaki ZX-6R. A maior evolução é certamente nas ajudas electrónicas, herdadas também da sua irmã CBR1000RR-R e para além do novo painel TFT a cores a nova CBR600RR conta agora com diferentes modos de motor, ABS em curva, controle de tração, controle de travão de motor e controle de cavalinho, tudo em linha com o que é agora habitual em termos de electrónica nas novas desportivas.

Segundo a Honda este modelo não será vendido, para já, na Europa nem nos Estados Unidos. Se no futuro irá haver uma evolução do modelo para estar em linha com as novas restrições em matéria de emissões não se sabe. Assim resta-nos ficar atentos ao desempenho da nova Honda CBR600RR no Campeonato do Mundo de Supersport 600 em 2021 e percebermos melhor que planos tem a Honda para o futuro deste modelo.

Anuncios Recentes

Ver Todos